Quem sou eu

Minha foto
Bom, me chamo Leonardo, tenho 21 anos, tenho distrofia muscular, eu escrevo com o intuito de poder de alguma maneira poder passar alguma mensagem positiva do que ja vivi e o que vivo diariamente. Escrever aqui me ajuda muito, espero que o que escrevo ajude quem lê também.

domingo, 6 de julho de 2014

Pais

  Quando ganhei a cadeira motorizada, claro, meus pais ficaram super felizes, mas também muito preocupados. Preocupados com a ideia de eu sair sozinho na rua. E se a cadeira estragar? E se o equipamento do ônibus não funcionar, ou não pararem o ônibus pra ele? E se não conseguir subir em alguma calçada ?
  Eu dizia pra eles que era frescura se preocuparem, que não precisavam fazer isso. Mas e eu, tenho medo e me preocupo toda vez que vou sair na rua? Claro que sim, me preocupo com isso tanto quanto eles, mas faço de tudo pra mostrar que não.
 Eu tenho minhas preocupações de sair na rua, mas não vou deixar isso me impedir de viver. Sim, podem acontecer coisas ruins comigo, mas pode não acontecer nada, o que é pior. Isso que é vida, ela tem seus momentos ruins, complicados, mas sem eles, não sei como seriam os momentos bons. Qual seria a graça se tudo fosse ótimo? Hoje não sei se meus pais ainda temem que algo aconteça quando eu saio, mas eu sei que eles entendem e devem pensar o mesmo que eu.  Isso que me deixa feliz, mesmo sabendo que eles morrem de medo de algo acontecer comigo, eles sempre me apoiam quando eu quero ir em algum lugar.

 

sexta-feira, 4 de julho de 2014



Oi gente, esse é o Firefly, ele é adaptado na cadeira de rodas manual
A tração é feita pela roda dianteira
Tem uma bateria recarregável de Lithium com autonomia de 20 km
Diferente de uma cadeira de rodas motorizada
O firefly pode ser usado na cadeira, só quando a pessoa quiser
Custa o mesmo que uma cadeira de rodas motorizada, mas não ocupa tanto espaço quanto.
Eu achei super legal :D