Quem sou eu

Minha foto
Bom, me chamo Leonardo, tenho 21 anos, tenho distrofia muscular, eu escrevo com o intuito de poder de alguma maneira poder passar alguma mensagem positiva do que ja vivi e o que vivo diariamente. Escrever aqui me ajuda muito, espero que o que escrevo ajude quem lê também.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Aos nossos amigos

Hoje é dia do amigo, e claro eu não podia deixar passar em branco.
Mas será que o dia do amigo é apenas esse? Digo, todos dias deveriam ser dia do amigo, assim como deveria ser dia das mães, etc.. Mas hoje vou falar sobre essas pessoas que nem são da nossa família, as vezes parece impossível que pessoas tão diferentes umas das outras possam se dar tão bem, tão bem que as vezes esquecemos que somos de famílias diferente, de sangue diferente apenas, outra mãe talvez... Mas no coração de cada um de nós, amigos, a única coisa que importa são os momentos que passamos e passaremos juntos, as risadas, as loucuras, os momentos tristes também...
Essa é uma singela homenagem pros meus, pros nossos irmãos emprestados, que chegam na nossa casa ja abrindo a geladeira e perguntando o que tem pra comer. Aqueles que chamam a tua avó de avó deles, enfim, pra todos nossos amigos de longa ou curta data, de perto ou longe
Um Feliz dia Do Amigo...
E por último queria acrescentar essa música, que simplesmente se encaixa para qualquer tipo de amigo 

segunda-feira, 13 de julho de 2015

O que está acontecendo com as pessoas? Eu me pergunto isso sempre que saio de casa,  as vezes dentro de casa também... Posso escutar de longe,  aquele barulho,  um assobio,  um som que parece tão inofensivo,  mesmo assim dominou a população,  grande parte pelo menos.... basta um chamado daquele som, para nos desligarmos do mundo,  esquecermos das pessoas,  da natureza e o quão bela e incrível a vida é. O homem desenvolveu a tecnologia pra gente ficar com a cara grudada nos nossos smartphones,  tablets, etc.... As crianças de hoje não querem mais saber de rolimã ou hotwheels,  só querem telefones... Li em algum lugar que celulares não são telefones e sim rádios... Todos escravos da tecnologia,  infectados por esse vírus que faz muitas pessoas deixarem de viver. Confesso que também estou um pouco, afinal o que seria de mim sem a tecnologia?  Mas eu tento respirar ar puro e viver a vida ao máximo possível.  Faz isso tu também.

domingo, 12 de julho de 2015

Madrugada

Muitas vezes nas madrugadas, nos perdemos em pensamentos.... Lembranças,  angústias,  um futuro, sonhos, sonhos, que ja realizamos, sonhos que queremos realizar,  porém alguns parecem impossíveis de serem alcançados. É talvez eu esteja escrevendo isso em uma madrugada de chuva porque me perdi nos meus pensamentos e diversos sonhos,  tantos que nem sei dizer quais são eles...
Talvez seja hora de pararmos de apenas pensar no que queremos e começar a pelo menos tentar fazer... um pequeno desabafo de uma pequena madrugada chuvosa.