Quem sou eu

Minha foto
Bom, me chamo Leonardo, tenho 21 anos, tenho distrofia muscular, eu escrevo com o intuito de poder de alguma maneira poder passar alguma mensagem positiva do que ja vivi e o que vivo diariamente. Escrever aqui me ajuda muito, espero que o que escrevo ajude quem lê também.

terça-feira, 29 de março de 2016

Tudo bem?

Olá, tudo bem? Depois de tanto tempo se escrever, acabei me esquecendo o porque de eu ter começado a escrever... Fazer bem a mim mesmo? Aos outros? 
  O que quero dizer é, bem eu nem ao menos sei dizer o motivo, depois de tanto tempo dizendo pra mim mesmo e para estranhos e amigos que precisamos ser felizes acima de tudo, eu me perdi, me esqueci como fazer isso. Não sei mais como não desistir, mesmo não querendo simplesmente desistir de tudo.
 Já acordei diversas vezes, apenas querendo dormir de novo, dormir pra sempre, até minhas dores físicas e emocionais sumirem, simplesmente esquecer de tudo. Bem, isso até estava funcionando pra mim. Mas aí, certo dia, saio da camas ás 16, para sair de casa 16:30 e ir pra AACD, sem comer nada, simplesmente não tinha vontade nenhuma, naquele dia eu tinha esquecido de mim mesmo, estava ali mas não estava, fui, fiz o que fui fazer e voltei para casa. Lá estava minha mãe, que claro tinha percebido que eu estava arrasado com alguma coisa, ela não tinha feito nem falado nada antes, mas naquele momento que voltei para casa, ali tava ela na porta, me deu um beijo e um abraço apertado e tinha feito o melhor café da tarde do mundo, que mesmo sem ela dizer eu sabia, que ela fez aquilo pra me alegrar, de fato eu não tinha vontade de comer, mas ao ver aquela cena, me deu uma forte emoção, quase comecei a chorar, abracei minha mãe de volta e agradeci.
 Essa mulher maravilhosa que é minha mãe nem deve ter percebido o bem que me fez naquele dia, isso me faz lembrar, que mesmo quando eu tiver perdido todas as forças, ela e todos que me amam, vão estar ali comigo, do jeito deles, as vezes até mesmo sem saber o quanto são importantes.
 Sendo assim, por que têm dias em que eu acordo do mesmo jeito? Bem, eu não sei, simplesmente estou tentando viver dia após dia para entender isso. Boa noite.

2 comentários: